A Casa Do Lago

$11,01

“Kate Morton já vendeu mais de 10 milhões de livros no mundo.

“A imprevisibilidade e o suspense de Kate Morton tornam este livr… (veja a descrição completa)

Em estoque

Prestar Queixa
REF: 9788580417272 Categorias: , Tags: , ,

Marca

Arqueiro

Informação adicional

Peso 0,694 kg
Dimensões 2,9 × 16 × 23 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.

Lamento, não há ofertas disponíveis.

“Kate Morton já vendeu mais de 10 milhões de livros no mundo.

“A imprevisibilidade e o suspense de Kate Morton tornam este livro único.” – People

“A casa do lago é uma história grandiosa e cativante, do tipo que já se tornou a marca da autora. Sua escrita progride suavemente, com muitas tramas entrelaçadas, mas atadas com maestria. Este livro nos faz lembrar por que amamos ler.” – Reader’s Digest

A casa da família Edevane está pronta para a aguardada festa do solstício de 1933. Alice, uma jovem e promissora escritora, tem ainda mais motivos para comemorar: ela não só criou um desfecho surpreendente para seu primeiro livro como está secretamente apaixonada. Porém, à meia-noite, enquanto os fogos de artifício iluminam o céu, os Edevanes sofrem uma perda devastadora que os leva a deixar a mansão para sempre.

Setenta anos depois, após um caso problemático, a detetive Sadie Sparrow é obrigada a tirar uma licença e se retira para o chalé do avô na Cornualha. Certo dia, ela se depara com uma casa abandonada rodeada por um bosque e descobre a história de um bebê que desapareceu sem deixar rastros.

A investigação fará com que seu caminho se encontre com o de uma famosa escritora policial. Já uma senhora, Alice Edevane trama a vida de forma tão perfeita quanto seus livros, até que a detetive surge para fazer perguntas sobre o seu passado, procurando desencavar uma complexa rede de segredos de que Alice sempre tentou fugir.

Em A casa do lago, Kate Morton guia o leitor pelos meandros da memória e da dissimulação, não o deixando entrever nem por um momento o desenlace desta história encantadora e melancólica.”